Vespas Asiáticas

Nem sempre são conforme a indicação do governo. Estas, são pretas. Também as temos dentro da normalidade, mais amareladas e com as riscas nos segmentos inferiores. Patas amarelas, focinhos avermelhados. Felpudas, pouco agressivas. Comem as uvas todas, têm hierarquia, vivem perto, proliferam, coabitam com algumas abelhas que teimam resistir (quero crer).

A foto que se segue, moscardos nacionais (?).

Moscardos.jpg

A foto seguinte e final, a da vespa na armadilha. Mas que batalha a dela. Tudo húmus agora. Muitas vespas, muitas … Muitas mesmo. Muitas …

VespaAsiática.jpg

Mais um momento especial do PM Costa e desta vez com coro e aconchego

Amigosdo Costa
Legenda: Deixa a Terra sossegada e volta para casa! Amo-te!

No início, a imagem inspirada no que o Paulo escreveu e depois a parte mais séria, em que o cito:

(…) ele confirma aquilo que escrevo há bastante tempo: ou os sindicatos foram completamente embarretados ou foram os idiotas úteis que colaboraram na pacificação dos docentes durante os primeiros dois anos da geringonça. (…)

É “francamente extraordinário” como um tipo destes – lá porque anda com o rabo virado para as estrelas com a sorte que tem no actual contexto político – consegue deturpar a História por completo e achar que se vai safar umpune, porque o Bloco e o PCP querem as migalhas e o PSD é uma espécie de anti-matéria em termos de alternativa.

E se admitiu negociar compensações, já se sabe para onde não vai haver lugar para algo que seria expectável se as pessoas fossem dignas.

E então, volta lá para o teu planeta, ó Costa. Não te quero privado de teus amigos.

Recuso-me.

A entrar no mesmo de há 10 anos atrás.

A imagem que seleccionei em primeiro lugar era outra mas fica esta, mais politicamente correcta. Com a maior ternura e a mínima ironia pois que a outra era muito mais expressiva e dura. O autor é @rawpixel.

Muslim people praying

António Costa disse que todo o tempo de serviço congelado não será contado para atualizar as carreiras dos professores. O primeiro-ministro deu uma entrevista ao Expresso onde admitiu negociar compensações mas defendeu que não se pode refazer a história.

É deplorável assistir duas vezes ao mesmo trambolhão. Se houver quem com dois dedos de cabeça possa travar esta gente, pois que faça o favor a si próprio.

 

 

Ilustração – umas dicas [1]

Prometido é devido e nada me dá mais gosto do que partilhar estas ‘coisitas’ que faço por hobby mas que também têm dado jeito em determinadas situações, contexto laboral e pessoal.

Começar pelo fim é sempre uma boa maneira de resolver a ansiedade do início especialmente quando não sabemos muito bem o que e como dizer ou até o quê. Então, a título de exemplo, aqui vai uma imagem de um cartaz/flyer e links para os respectivos ficheiros da mesma em PDF e WORD:
SARDINHADA17

[PDF] [DOCX]

O ficheiro WORD pode ser editável e permite alguma edição: arrastar, aumentar, encurtar, …  e inserir caixas de texto (atenção que as fontes usadas podem não coincidir com as do utilizador).

Em Ilustração, iniciei uma secção onde estão alguns trabalhos que foram usados em escolas. São exemplificativos. Não pretendi constituir um repositório pelo que omiti a inserção de formatos de edição mais simples ou complexa. Coloco aqui as hiperligações para WORD:

MarcadoresAfectos18© Marcadores – Dia do PaiHorários 4 em A4 horizontalCartaz_ProgramaPostal – Afectos ’17 – 10x15cmPostal de Páscoa – A5Dia Mundial da Visão

Em outro post explicarei que aplicações (software) uso. Também tenciono referir onde vou buscar as imagens e que direitos de autor têm e por consequência que uso lhes podemos dar.