A partir de ontem.

Legislação abrangente. Novas oportunidades.

Despacho n.º 6954/2019 – Diário da República n.º 149/2019, Série II de 2019-08-06

Educação – Gabinete do Secretário de Estado da Educação
Estabelece as linhas orientadoras que presidem a um programa de intervenção junto de jovens que abandonaram o sistema educativo e em risco de exclusão social, denominado «Segunda Oportunidade».

Aquilo que se estranha

e que dói. Mas, sentimentalismos à parte, um artigo excelente, corajoso e muito sério sobre uma perturbação do neurodesenvolvimento que conheceremos muito bem,  a perturbação de hiperatividade e défice de atenção (PHDA).

A ler, a atentar. É connosco. Com ou sem diagnóstico.

Perturbação de Hiperatividade e Défice de Atenção: quando a ignorância faz vítimas inocentes.

 

Não há fotografia actual

A manifestação do fim-de-semana passado, ouvi dizer, existiu. Só soube que ia acontecer dois dias antes. Não vejo nada de novo, nem no facto de o STOP ter ido na cauda. Nem sequer foram escoltados pelas forças especiais por isso … ainda vão ter de caminhar … E já são elitistas. Sim, são.

Quanto a imagens, não há.

E mesmo que existam, serão certamente mais do mesmo.

Não haver, é significativo.

Caro Senhor Presidente, Isso Não É Verdade, Ponto Final e Exclamação!

23 de setembro ou outubro de 2022 sr. Presidente

O Meu Quintal

O excelentíssimo senhor Presidente da República e de todos os portugueses, em especial os do governo que se chamam Costa e António ou não leu o decreto que promulgou ou não o percebeu bem ou alguém lá na Presidência não fez o trabalho de casa.

Quando afirma que “promulgou o diploma sobre a contagem de tempo de serviço dos professores por ter sido cumprido o disposto na lei do Orçamento e para permitir uma progressão este ano” só nos deixa essas hipóteses. No site oficial lê-se que:

Tendo falhado as negociações, se o Presidente da República não promulgasse o diploma, isso poderia conduzir a deixar os professores sem qualquer recuperação na carreira durante o ano de 2019.

Senhor Presidente, as progressões previstas para este ano, resultantes do processo  natural das mesmas, aconteceriam com ou sem a publicação do decreto em causa. Não fui o único, mas há meses que tento…

View original post mais 698 palavras

Mais uma vez, o Paulo sob ataque cerrado.

Deram-lhe tréguas por umas semanitas e voltaram, com as ferramentas melhoradas. Agora, o nome do Paulo inviabiliza que ‘eu’ anexe uma imagem num ‘post’ (ou lá o que se considera os ‘dizeres’) do Facebook. Assim, tentei sem o nome dele. E estava a conseguir, o upload deu-se. Mas, identifiquei-o durante o processo e começou a patinar … e o post não entrou … Em baixo, vou colocar os Print Screen. Os tipos que gerem o Facebook português são portugueses, são uns engenheiros ou algo assim. E portanto, isto não tem nada a ver com o Facebook em si mas sim com a mediocridade do que se passa em Portugal. Se chatearmos muito, voltam a desbloquear. Entretanto, como sabemos, são gerações deles e portanto, há que ter enorme paciência e convicção para continuar.

Adenda:

Não consigo colocar o nome do Paulo no Facebook naquela opção ‘com quem estavas’ quando partilhei este post. O que está a acontecer é dramático.

Captura de ecrã 2019-03-13, às 22.11.43