Ó Costa, acaba com isto depressa

“Pois não! Queria defender o que é meu. Aqui não vimos bombeiros, onde estão? Só veio a GNR para nos expulsar.” O Barroca foi forçado, largaram-no no quartel, mas escapuliu-se e meia hora depois já andava de novo em casa. “Quem a protege se não for eu?”

“Aqui, no Monte das Pedras, moram 20 pessoas. Muitas esconderam-se da Guarda nos milharais, não foram levadas e salvaram as casas. A nossa ardeu. Não, aqui não vimos bombeiros. Era uma casa de uma vida. Agora como vai ser?”

Fonte: JN